Stihl-tools.com

Jardinagem e paisagismo
0 View
Article Rating
1 звезда2 звезды3 звезды4 звезды5 звезд

Tampa de cogumelo: foto e descrição, comestibilidade

Cap Chanterelle: foto e descrição, comestibilidade

A tampa do chanterelle externamente se assemelha a uma cúpula de um guarda-chuva fechado com uma superfície ondulada. Este cogumelo pertence à família chanterelle e ao gênero cap. É considerado o fungo mais antigo em climas temperados e é considerado condicionalmente comestível.

Descrição do chapéu morel

O chapéu morel (foto) é um cogumelo de primavera que atinge uma altura de até 15 cm. A cor varia com a idade e o local de crescimento. Em espécimes jovens, a cor é marrom, tornando-se amarelo ou bege escuro à medida que cresce. A carne é de cor creme, fina no gorro e carnuda no pedúnculo, quebradiça, tem cheiro agradável e sabor pouco pronunciado.

Descrição da tampa do cogumelo

A parte superior do corpo de frutificação tem formato cônico com superfície irregular, ondulada e dobrada verticalmente. No meio é preso ao caule, as bordas são abaixadas.

A foto mostra um cogumelo adulto com tampa tubular que não se abre em nenhuma fase de crescimento. Seu comprimento médio é de 4-6 cm, a largura é de 4 cm. A superfície é seca, lisa e ligeiramente transparente.

Descrição da perna

A forma é cilíndrica, levemente comprimida lateralmente, podendo ser ereta ou curva. Mais largo no pé do que no topo. Existem espécimes com uma base crescida do corpo do cogumelo.

Nos cogumelos velhos, a estrutura é dura, oca, fibrosa e a superfície é finamente escamosa. Nos espécimes jovens é firme, com uma massa de carne porosa. Comprimento – 10-15 cm, largura – 2,5 cm. Um terço do comprimento da perna é coberto com o chapéu.

Como se chama o chapéu morel?

O chapéu morel também é conhecido por diferentes nomes:

  • Czech Verpe;
  • Chapéu de morel em forma de cone;
  • Morchella bohemica;
  • delicado chapéu morel;
  • Cap.

A espécie recebeu esse nome devido à semelhança com o mais conhecido e comum chapéu de morel comestível.

Cogumelo comestível ou não

O corpo de frutificação tem odor quando cru, mas não tem sabor. Não deve ser consumido sem processamento especial, pois contém substâncias tóxicas que podem causar intoxicação leve. Nos países europeus, o fungo é considerado um alérgeno não comestível. Na Rússia, a espécie é classificada na última categoria de valor nutricional e só pode ser consumida após tratamento térmico.

Como preparar um cogumelo chanterelle

  1. A colheita coletada é primeiro embebida (por 2 horas) em água salgada fria com ácido cítrico. Durante esse período, os insetos deixam o corpo frutífero e os resíduos se acumulam.
  2. O talo do corpo do cogumelo é cortado.
  3. Em seguida, os cogumelos são fervidos por 15 a 20 minutos, o caldo é drenado, pois contém substâncias tóxicas.
  4. Os cogumelos são enxaguados com água quente e o excesso de líquido é drenado.

Após o processamento, o material está pronto para uso. Você pode preparar o cogumelo chanterelle como qualquer outro cogumelo. Os corpos de frutas são fritos, cozidos com legumes, fervidos em sopa. Os chapéus processados ​​​​podem ser secos, eles manterão sua forma e sabor. O morel tcheco pode ser usado para armazenamento no inverno ou congelado no freezer. Os corpos de frutas são versáteis e têm bom gosto.

Como conservar

É melhor preparar cogumelos de primavera como matéria-prima com marinada. A tecnologia envolve processamento térmico. Uma das receitas fáceis de chanterelle marinado inclui os seguintes ingredientes:

  • 2 kg de tampinhas processadas;
  • 1 litro de água;
  • 2 colheres de chá de sal;
  • 0,5 colher de chá de ácido cítrico;
  • 2 colheres de açúcar;
  • 5 colheres de sopa de vinagre (6%);
  • 5 folhas de louro.

Adicione pimenta e cravo a gosto.

  1. Esterilize os potes, encha com cogumelos. Adicione todos os ingredientes na água (menos o vinagre), ferva por 10 minutos e acrescente o vinagre. Despeje a marinada fervente sobre os cogumelos. Fechar com tampas.
  2. Esterilize os frascos, encha com cogumelos.
  3. Adicione todos os ingredientes à água (exceto o vinagre).
  4. Ferva por 10 minutos e adicione o vinagre.
  5. Despeje a marinada fervente sobre os cogumelos.
  6. Selo com tampas.

Enrole os potes em um cobertor e deixe por um dia, depois coloque no porão.

Como assar cogumelos em creme

A receita é projetada para 0,5 kg de tampas de cogumelos processados. Os ingredientes do prato são:

  1. 2 colheres de sopa de manteiga;50 g de queijo duro;1 colher de sopa de farinha;1 ovo;250 g de creme de leite.
  2. 2 colheres de sopa de manteiga;50 g de queijo duro;1 colher de sopa de farinha;1 ovo;250 g de creme de leite.
  3. 2 colheres de sopa de manteiga;
  4. 50 g de queijo duro;
  5. 1 colher de sopa de farinha;
  6. 1 ovo;
  7. 250g de creme.

Preparação da capa de cogumelos em creme:

  1. Corte os cogumelos e refogue na manteiga. Adicione sal e temperos a gosto. Adicione a farinha e frite por 3 minutos. Deglaze com creme e cozinhe por 5 minutos.
  2. Corte os cogumelos e refogue na manteiga. Adicione sal e temperos a gosto. Adicione a farinha e frite por 3 minutos. Deglaze com creme e cozinhe por 5 minutos.
  3. Corte os cogumelos e refogue na manteiga.
  4. Adicione sal e temperos a gosto.
  5. Adicione a farinha e frite por 3 minutos.
  6. Deglaze com creme e cozinhe por 5 minutos.

Coloque o conteúdo da assadeira em uma assadeira, despeje sobre o ovo batido e polvilhe com queijo. Asse em t +180 0 C até dourar.

Como conservar cogumelos

Receita para decapagem de chapéus de chanterelle:

  1. Coloque 1 kg de corpos de cogumelos processados ​​em um recipiente. Polvilhe a mistura com 50 g de sal. Coloque uma carga em cima. Deixe descansar por 12 horas.
  2. Coloque 1 kg de corpos de cogumelos processados ​​em um recipiente. Polvilhe a mistura com 50 g de sal. Coloque uma carga em cima. Deixe descansar por 12 horas.
  3. Coloque 1 kg de corpos de cogumelos processados ​​em um recipiente.
  4. Polvilhe a massa com 50 g de sal.
  5. Coloque uma carga em cima.
  6. Deixe descansar por 12 horas.

Durante esse tempo, as tampas dos cogumelos liberam líquido sob a ação do sal. Adicione 0,5 xícaras de água e deixe ferver. Adicione as folhas de louro, pimenta e folhas de groselha em pequenas quantidades à água com sal e ferva por 2 minutos. Despeje os cogumelos em potes e feche com tampas de capron.

Importante! O produto fica pronto após 60 dias e deve ser guardado na geladeira.

Onde e como cresce o chapéu morel?

A espécie não é difundida, ocorre raramente. A vida biológica é curta, o corpo frutífero envelhece e desaparece em 2 dias. As primeiras colônias aparecem no início de maio e a colheita dura cerca de 10 dias. O gorro morel cresce em grupos em solo úmido em florestas mistas e ao longo de corpos d’água em arbustos de junco. O principal assentamento da espécie pode ser observado na Europa e na Rússia central. Eles podem ser encontrados na região de Leningrado e com menos frequência no sopé do norte do Cáucaso.

Com quais cogumelos você pode confundir a tampa de um boleto?

Não há doppelgangers oficiais para esta espécie, o gorro do boleto é mais um falso boleto. À primeira vista, o chapéu lembra um boleto.

Em uma inspeção mais detalhada, há diferenças claras. A forma da tampa em um cogumelo porcini é convexa, não em forma de cúpula no caule e dividida em várias partes. O caule é afunilado na parte superior, com superfície irregular. A metade superior do cogumelo é sempre mais escura que a inferior. Cresce à beira de estradas e em florestas de coníferas.

Atenção! O cogumelo é venenoso e causa envenenamento grave.

Qual é a diferença entre um boné de chanterelle e um chanterelle?

Não há diferenças óbvias entre um boné de chanterelle e um chanterelle. Essas espécies podem ser facilmente confundidas.

Eles crescem ao mesmo tempo e preferem solo úmido. Eles pertencem a um grupo de cogumelos comestíveis condicionalmente. E a maneira de processar seus corpos frutíferos não é diferente. Se os dois tipos forem misturados na colheita, não há problema.

Cresce em numerosos grupos, os primeiros exemplares podem ser encontrados no final de abril. O ciclo biológico da espécie é curto. O tamanho é maior que o do musgo do chapéu, podendo pesar até 350 g. No interior, os corpos de frutificação são ocos e a estrutura é frágil. A tampa é redonda ou ovóide e fundida ao caule na borda, o que a distingue do lorchel tcheco. A superfície forma células profundas de várias formas. Os espécimes jovens são bege claro e quanto mais velho o espécime, mais escura a cor se torna. Espécimes marrons escuros com tons de cinza também ocorrem. O caule é do mesmo tamanho do gorro, verrugoso, creme ou branco, e engrossado na base. Para comparação, um fungo de véu é mostrado na foto acima, incluindo o lorchel tcheco.

A conclusão

O Inkling é uma variedade do início da primavera que cresce em solos úmidos de florestas mistas, ao longo de lagos, pequenos rios e áreas pantanosas. Ocorre desde o norte do Cáucaso até a parte européia. Os corpos de frutificação são versáteis e adequados para preservação no inverno. Eles podem ser secos e congelados.

Weiterlesen:
Casas estilo fazenda
Ссылка на основную публикацию